Código Daúde - Daúde | LAB 344 - O selo mais indie do Brasil
Lab Radio - clique para ouvir

Em Breve

Aguarde novidades

Sobre o Título

Código Daúde Daúde

Código Daúde | Daúde Uma das cantoras mais emblemáticas da nossa música, Daúde lança seu quinto álbum de estúdio, intitulado "Código Daúde". No novo álbum, a cantora faz releituras em alta-voltagem de pérolas da música brasileira. "Quero instigar a percepção do público para a diversidade da nossa música. Utilizo ferramentas atuais para criar loops e levadas ? reforçando com naturalidade - a ligação entre a herança rítmica e orgânica presentes na música brasileira, e a tecnologia disponível", diz a cantora.

Depois de viajar o mundo e lançar disco pelo selo de Peter Gabriel (Real World), a cantora baiana, pós-graduada em História Africana e formada em canto pelo Instituto Villa-Lobos, lança "Código Daúde", que traz participações de grandes nomes da música brasileira como Alceu Valença, Marcos Valle e Nelson Sargento.

RELEASE POR TONY BELLOTTO:

O Código de Hamurabi, um dos mais antigos da História, tinha suas 282 leis talhadas num monolito de rocha negra.
O Código Daúde, embora não enuncie nenhuma lei, traz doze canções com o poder de surpreender e revelar uma outra história.
E faz um barulho que não deixará ninguém com saudades do Código Morse.

Daúde enigmática.

Daúde, em seu quinto disco, esbanja ritmo, conhecimento de causa e inventividade, sempre filtrados pela sua forma única de cantar, que não se encontra gravada em nenhum monolito da Mesopotâmia. Existe um doce enigma no canto de Daúde, que só o seu próprio código pode decifrar.

Daúde sereia grega.

O canto de Daúde vem de muito longe, dos mares da grécia antiga, quando navegadores inebriados pelo canto das sereias perdiam o controle de seus navios.
Ou não é uma sereia ? uma sereia africana - a que canta as versões dançantes dos clássicos Que Bandeira, de Marcos Valle, e Babalú (imortalizada pela sereia mor Angela Maria) que abrem o disco?
As surpresas se sucedem, O Vento, de Rodrigo Amarante, Como Dois Animais, num dueto antológico com Alceu Valença, Barco Negro, um fado que nos faz pensar numa black Amália Rodrigues, e Cala A Boca, Menino, de Dorival Caymmi, em que Daúde nos inunda de ginga e sensualidade.

Daúde harpia interplanetária.

Ao mesmo tempo, o canto de Daúde vai para muito longe também, sugerindo um Brasil futurista, em que astronautas desavisados, ao ouvir a voz de uma estranha harpia interplanetária, perdem o controle de suas espaçonaves.
Ou não é uma ave profética a que canta Sobradinho, de Sá e Guarabyra, numa releitura cheia de ritmo e sons de um sertão pós-apocalíptico, e Segura Esse Samba e Falso Amor Sincero ? com a presença mística de Nelson Sargento, o sambista Jedi ? numa mistura de ritmos tão alucinante que acaba por transformá-los num novo ritmo?
As revelações continuam com a deliciosa Minhas Razões, de Antonio Carlos e Jocafi, Eu Não Vou Mais, dos seminais Orlandivo e Durval Ferreira, até o grand finale com sabor de cabaret europeu, J?ai Deux Amours.

Perdendo o controle.

Ao ouvir a voz da Daúde, somos sempre levados a perder o próprio controle, como se atabaques de um ritual secreto substituíssem as batidas de nossos corações. O que, para quem já experimentou, é muito divertido.

Afrokafka.

Kafka disse que a arma mais terrível da sereia não é a voz, mas o silêncio. Não a Daúde, mano Franz. Código Daúde é uma revelação eletrizante para quem quer se aventurar pelos milhões de decibéis da música brasileira universal.

Tony Bellotto.
Track List:
01.Que Bandeira
02. Babalú
03. O Vento
04. Como Dois Animais
05. Barco Negro
06. Cala Boca, Menino
07. Sobradinho
08. Segura Esse Samba/Falso Amor Sincero
09. Minhas Razões
10. Eu Não Vou Mais
11. J?ai deux amours

Informações:
Comprar

Downloads:
Para baixar, clique no item com o botão direito e selecione "Salvar Destino Como..."

baixar capa

Outros Títulos:
Como Dois Animais (single) c/ Alceu Valença | Daúde
Como Dois Animais (single) c/ Alceu Valença Info

Lançamentos

Os Olhos da Menina (Single) | Valeria Sattamini Relax (Deluxe Version) | Kassin Tudo ao Redor (feat. Moreno Veloso) | Domenico Lancellotti Everything Was Beautiful, and Nothing Hurt | Moby Seria o Donut? (Single) | Kassin Ina Forsman | Ina Forsman Coisinha Estúpida (feat. Clarice Falcão) | Kassin You Showed Me How (Single) | Patricia Marx Mere Anarchy (Single) | Moby Version of Me (Deluxe Edition) | Melanie C Spotify Singles | Broken Social Scene Like a Motherless Child (Single) | Moby Room for Love (Single) | Melanie C Snowdonia | Surfer Blood City (Radio Edit) - Tema da novela  | Kristen Marie Living Inside Myself (Single) | Ed Motta Salt | Shy Girls Clima de Romance (Single) | Claudio Zoli Serpente | Aline Calixto Um Pouco Mais Perto (Single) | Pedro Mariano Hug of Thunder | Broken Social Scene Now You Want Me Back (Single) - Tema da novela  | Ina Forsman Nikka & Strings, Underneath and in Between | Nikka Costa Serra dos Orgãos | Domenico Lancellotti

Vídeo em Destaque

Ed Motta | Captain's Refusal Captain's Refusal
Ed Motta